Laçador
x = independently organized TED event

This event occurred on
October 24, 2020
8:00am - 4:00pm -03
(UTC -3hrs)
Porto Alegre, Rio Grande do Sul
Brazil

In the spirit of ideas worth spreading, TEDx is a program of local, self-organized events that bring people together to share a TED-like experience. At a TEDx event, TEDTalks video and live speakers combine to spark deep discussion and connection in a small group. These local, self-organized events are branded TEDx, where x = independently organized TED event. The TED Conference provides general guidance for the TEDx program, but individual TEDx events are self-organized (subject to certain rules and regulations).

https://www.facebook.com/tedxlacador
https://www.facebook.com/tedxlacador
Porto Alegre, Rio Grande do Sul, 90035400
Brazil
Event type:
Standard (What is this?)
See more ­T­E­Dx­Laçador events

Speakers

Speakers may not be confirmed. Check event website for more information.

Anielle Franco

Carioca, morou toda infância e parte da adolescência na favela da Maré no Rio de Janeiro. Bacharel em Jornalismo e Inglês pela Universidade de Carolina do Norte e bacharel licenciada em Inglês e Literatura pela UERJ. Mestre em Jornalismo e Inglês pela Universidade de Florida A &M, e mestranda em uma universidade federal no Rio de Janeiro cursando relações étnico-raciais. Recentemente publicou seu primeiro livro, Cartas para Marielle, e tem participação importante em muitos outros, incluindo a autobiografia de Angela Davis. Trabalha como professora, palestrante, escritora e é a atual diretora do Instituto Marielle Franco e curadora do Projeto Papo Franco e do curso Marielles.

Carina Guedes

Arquiteta, mestre em Arquitetura e Urbanismo pela UFMG e fundadora do Arquitetura na Periferia, projeto que reúne e capacita mulheres para a independência do instalar, construir e reformar sua própria casa. Além de coordenadora do projeto, dirige o IAMÍ - Instituto de Assessoria a Mulheres e Inovação, onde atua com assessoria técnica e projetos voltados para articulação e fortalecimento de mulheres em situação de vulnerabilidade social.

Cristina Serra

Jornalista, escritora, nascida em Belém, voluntária da Associação Mico-Leão-Dourado, no Rio de Janeiro. A maior parte da sua carreira foi dedicada ao jornalismo político, em Brasília, e por três anos foi correspondente internacional em Nova York. Ao voltar dos EUA, começou a direcionar sua carreira para cobertura de meio ambiente. Em 2015, cobriu o desastre da barragem de Fundão, em Mariana, Minas Gerais. O choque e o interesse pelo assunto a levaram a dar uma guinada na carreira e na vida e tornar-se militante da causa ambiental.

Edu Carvalho

Edu Carvalho é jornalista e escritor e coleciona, em sua bagagem de 22 anos, participações em eventos pelo Brasil mostrando seu trabalho ao retratar assuntos do dia a dia em sua escrita sobre o Rio e o país. Vencedor do Prêmio Vladimir Herzog em 2019, atuou como integrante da equipe de criação do Conversa com Bial, da série Segunda Chamada, e foi repórter na CNN Brasil.

Esther Pillar Grossi

Doutora em psicologia cognitiva, há 50 anos fundou o Geempa – Grupo de Estudos sobre Educação, Metodologia de Pesquisa e Ação. Engajada no propósito de que ‘Todos podem aprender’, atualmente está realizando o projeto ‘Viver é aprender’ alfabetizando crianças de 8 a 13 anos no Morro da Cruz, atuando como coordenadora de pesquisa e professora. Esther é uma mulher que vive intensamente cada minuto de sua vida, adora receber amigos em sua casa para compartilhar sabores e saberes. Encantada pela vida é mãe do Beto, da Miriam e do Gabriel e avó do Cristiano, do Bruno e do Enzo, além de ter 20 afilhados ilustres espalhados pelo mundo.

Flávia Twardowski

Professora, engenheira, atleta e musicista. Mestre em ciência e tecnologia em alimentos e doutora em engenharia de produção. Há 9 anos, tornou-se professora do IFRS em uma cidade do interior do Rio Grande do Sul, onde começou a instigar estudantes do Ensino Médio a desenvolverem projetos de pesquisas. Desde então, os projetos desenvolvidos pelos seus orientados vêm recebendo reconhecimento regional, nacional e internacional.

Iberê Dias

Paulistano criado no bairro de Cerqueira César, é advogado, formado pela PUC de São Paulo. Atualmente, é juiz titular da Vara da Infância e Juventude de Guarulhos e assessor da Corregedoria Geral da Justiça de São Paulo. Mais do que isso, é idealizador de uma série de projetos que buscam amenizar a brutal falta de oportunidades para crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social.

Ìyá Sandrali Bueno

Ìyá Sandrali de Oxum. Filha da Dona Tuli, mãe da Winnie Bueno e da Ayanna Bueno, vó da Virginia. Ìyalorixá, psicóloga, especialista em criminologia, servidora pública, ativista em direitos humanos, antirracista e feminista. Secretária executiva do Conselho do Povo de Terreiro do Estado do Rio Grande do Sul, coordenadora estadual do GT Mulheres de Axé da Rede Nacional de Religiões Afro-brasileiras e Saúde, Núcleo RS. Conselheira do Conselho Municipal do Povo de Terreiro de Pelotas.

Juliana Davoglio Estradioto

Formada como técnica em administração pelo IFRS - campus Osório, é apaixonada pelas ciências e trabalha com pesquisa desde os 15 anos. Já ganhou mais de 45 prêmios nacionais e internacionais, incluindo o Prêmio Jovem Cientista 2018 (CNPq) e é a primeira brasileira a ganhar primeiro lugar na categoria de Ciências dos Materiais na maior feira de ciências pré-universitária do mundo, Intel ISEF. Atualmente, trabalha nas ações socioeducativas da ABRIC (Associação Brasileira de Incentivo à Ciência). É fundadora do Meninas Cientistas, iniciativa que incentiva a pesquisa e a ciência entre jovens do ensino médio, principalmente entre meninas, através de divulgação de histórias inspiradoras.

Karine Vieira

Com 37 anos, casada, mãe de 3 filhos, Karine é empreendedora social, fundadora do Responsa, agência de empregos e responsabilidade social. É assistente social, egressa do sistema prisional e finalista do 22º prêmio Claudia por sua atuação profissional na inserção e geração de renda de pessoas que saíram do cárcere.

Manoel Soares

Nascido na Boca do Rio, periferia de Salvador, Bahia, atua há mais de 20 anos nas áreas de processos comunicacionais e gestão social. Presidente estadual da CUFA RS – Central Única das Favelas, também atua como repórter e apresentador da TV Globo, é escritor, palestrante e educador midiático. Ganhador do 50º Prêmio Ari de Jornalismo e do Prêmio de Excelência Jornalística da Sociedade Interamericana de Imprensa (SIP). Atualmente se dedica a conectar as periferias e favelas de SP com a agenda jornalística e midiática, tendo como ponto de partida as potencialidades dos territórios. Pai de seis filhos, em suas mídias sociais desenvolve o projeto pessoal de combater a masculinidade tóxica e promover a paternidade qualificada dentro da periferia.

Marcela Lisboa

Marcela Lisboa é jornalista e fundadora da Naya, uma agência de publicidade com ênfase em comunicar para as classes C e D. Atuou como mobilizadora e coordenadora da Casa da Juventude por dois anos, foi diretora de combate ao racismo da União Nacional dos Estudantes e assessora parlamentar do primeiro vereador LGBT da cidade do Rio. Coordenou a comunicação criativa do Centro Afro Carioca de Cinema e atualmente estuda direção cinematográfica na Escola de Cinema Darcy Ribeiro. Cria do Complexo da Penha, se aproxima de temas como comunicação e economia criativa a partir da revanche das periferias do mundo. Realizou trabalhos com a L’oréal, Rede Globo e Porta dos Fundos.

Marcelo Pimenta

Empreendedor e criativo, Marcelo Pimenta se tornou empreendedor logo depois da faculdade. Se colocando à frente de vários negócios descobriu que para inovar não existe receita, e sim dedicação, vontade, humildade e prática. Foi assim que se tornou o maior especialista em descomplicar a inovação. Professor da ESPM, consultor credenciado pelo Sebrae desde 2010, palestrante de grandes eventos como o TEDx, Marcelo Pimenta é, antes de tudo, um acreditador. Um profissional que se dedica a apoiar empreendedores, empresários e alunos para que recuperem sua confiança criativa e possam inovar nos negócios, nos projetos e na vida.

Maria Conceição

Teacher and public officer
Maria Conceição Lopes Fontoura é licenciada em Português e Literaturas de Língua Portuguesa e Latim e Literatura de Língua Latina pelo Instituto de Letras - UFRGS. Mestra e doutora em Educação pela Faculdade de Educação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Professora estadual. Servidora técnica-administrativa na UFRGS. Coordenadora adjunta de Maria Mulher Organização de Mulheres Negras.

Pâmela Amaro

Pâmela Amaro é atriz, cantora e compositora porto-alegrense. Artivista negra que se destaca permeando pelo samba com canções que abordam o feminino, o amor, as lutas insurgentes e a ancestralidade negra diaspórica. Tem sambas gravados por Glau Barros (RS); Marcelo Silva (SC), Bloco da Laje (RS), Didi Assis (RJ) e grupo Três Marias. Como atriz elencou grupos teatrais como Usina do Trabalho do Ator (RS), Grupo Caixa Preta (RS) e atuou nos musicais Lupi - O Musical/Uma Vida em Estado de Paixão e Opereta Pé de Pilão. Em 2020 lança seu EP solo chamado Veneno do Café, com sambas de sua autoria.

Sté Crispino

É uma das lideranças femininas do Grupo Anga, atuando como CEO da Tribo, consultoria na qual ajuda líderes a humanizar culturas, integrando propósito e resultados. Apaixonada pelo jeito de trabalhar que encontrou: pautado na confiança e na autonomia da autogestão, segue combinando os seus diversos interesses e experiência como coach e facilitadora. Acredita em negócios conscientes que atuam a partir de um ecossistema e, por isso, é, também, embaixadora do Instituto do Capitalismo Consciente no Brasil.

We'e'ena Tikuna

Artista indígena do Amazonas, We'e'ena, cujo nome significa “a onça que nada para o outro lado no rio”, nasceu na terra indígena Tikuna Umariaçu no Amazonas, Alto Rio Solimões. Viveu na aldeia até os 12 anos de idade, é a quarta filha do Nutchametü rü Metchitücü, nome do seu pai, que na cultura tikuna quer dizer "onça com rosto redondo e bonito". Sua mãe se chama Totchimaüna, "três araras voando". Seus pais decidiram morar na capital de Manaus, para seus seis filhos estudarem. Hoje ela é artista plástica, cantora indígena, nutricionista, design de moda, além de ativista dos direitos indígenas, sendo a primeira indígena do povo tikuna a se formar como Bacharel em Nutrição.

Organizing team

Ana
Goelzer

Porto Alegre, Rs, Brazil
Organizer

Claudia
Sander

Porto Alegre, RS, Brazil
Co-organizer