Laçador
x = independently organized TED event

Theme: Novos Olhares

This event occurred on
June 10, 2017
8:00am - 8:00pm -03
(UTC -3hrs)
Porto Alegre, Rio Grande do Sul
Brazil

In the spirit of ideas worth spreading, TEDx is a program of local, self-organized events that bring people together to share a TED-like experience. At a TEDx event, TEDTalks video and live speakers combine to spark deep discussion and connection in a small group. These local, self-organized events are branded TEDx, where x = independently organized TED event. The TED Conference provides general guidance for the TEDx program, but individual TEDx events are self-organized (subject to certain rules and regulations).

Teatro da Uniritter
Rua Orfanotrófio, 515
Porto Alegre, Rio Grande do Sul, 91849-440
Brazil
Event type:
Standard (What is this?)
See more ­T­E­Dx­Laçador events

Speakers

Speakers may not be confirmed. Check event website for more information.

Thedy Correa

Thedy é vocalista da banda de rock gaúcho Nenhum de Nós.

Veco Marques

Veco Marques é um dos guitarristas da mesma banda.

Adriano Gambarini

Geólogo de formação e fotógrafo profissional desde 1992, Adriano Gambarini é autor de diversos livros e documentou mais de 20 expedições científicas, conservacionistas e antropológicas em todos os estados amazônicos, além de documentar povos indígenas. Possui um dos mais diversificados fotoarquivos do mercado, com mais de 240 mil imagens do Brasil, Antártida e 28 países. Com uma proposta de resgate à filosofia fotográfica, Gambarini acredita que uma imagem é essencialmente a forma como interagimos com a cena e os lugares, como nos comportamos e o quanto nos entregamos ao momento. É o que chama de “a alma da fotografia”, onde todas as experiências e sensações que carregamos ao longo da vida sejam, de alguma forma, impressas na fotografia.

Andrea Fortes

Publicitária, comunicadora, especialista em Marketing e mestre em Gestão Empresarial. Sócia-diretora da Sarau Comunicação entre Empresas, executiva-professora na Escola de Marketing Industrial, palestrante, escritora e consultora. Curiosa e estudiosa das relações entre pessoas e também do universo feminino, é uma conectora: de gente, de interesses, de inquietudes, e busca ligar tudo isto através de encontros, cafés, conversas significativas. Atualmente desempenha o seu melhor papel: o de mãe da Carolina, com quem aprende a cada dia a arte de desaprender. Se tudo correr bem, em breve as tintas de seus novos mundos estarão novamente no ar no seu imaginário cor de rosa.

Beatriz Bohrer do Amaral

Publicitária, comunicadora, especialista em Marketing e mestre em Gestão Empresarial. Sócia-diretora da Sarau Comunicação entre Empresas, executiva-professora na Escola de Marketing Industrial, palestrante, escritora e consultora. Curiosa e estudiosa das relações entre pessoas e também do universo feminino, é uma conectora: de gente, de interesses, de inquietudes, e busca ligar tudo isto através de encontros, cafés, conversas significativas. Atualmente desempenha o seu melhor papel: o de mãe da Carolina, com quem aprende a cada dia a arte de desaprender. Se tudo correr bem, em breve as tintas de seus novos mundos estarão novamente no ar no seu imaginário cor de rosa.

Carlos Kristensen

Carlos é um dos maiores defensores e divulgadores dos ingredientes gaúchos no Brasil. Seu projeto Internacionalmente Local estuda e fomenta os biomas, os produtos e os produtores do Rio grande do Sul. O chef carrega uma lista de premiações, sendo um dos principais nomes do cenário gastronômico do sul do país, e seu restaurante, o Hashi, vem sendo considerado pela Veja Poa o melhor contemporâneo da cidade por sete anos consecutivos.

Clarissa Biolchini

Designer carioca que acredita na transformação social através do Design. Especialista em processos de inovação e facilitação através da abordagem de Design Thinking e do Design de Serviços. Com mais de 20 anos de atuação profissional, Clarissa trabalhou durante 10 anos na Europa e na Ásia, dedicando-se a projetos locais para as mais diversas culturas e religiões. Acredita no olhar livre e multidisciplinar para a resolução de problemas sociais e urbanos. Cofundadora da Laje, hub de inovação e professora na PUC-Rio e na FGV.

Claudio Alves

O Cearense, Cláudio Alves da Silva, 24 anos, é filho de Francisca (dona de casa) e José (mototaxista), seus irmãos (Cleide, Clebson e Cláudia) e o sobrinho (Jhonathan) completam a família. Nasceu no lugar onde começa o dia, no semiárido do município de Araripe, mas foi criado nas terras férteis do Maranhão, Amapá, Pará e Roraima. Estudou a duras penas, motivado principalmente pelos programas de transferência de renda que ajudavam a manter seus pés calçados e a barriga "forrada". Formou-se Bacharel em Sistemas de Informação pela Universidade Mackenzie e trabalha na área de TI, tendo em seu currículo empresas como a IBM. Especializando-se em Docência do Ensino Superior, espera em breve atuar como sempre sonhou: professor.

Claudio Luciano Dusik

Cláudio Luciano Dusik defendeu a dissertação "Tecnologia Virtual Silábico-alfabético: tecnologia assistiva para pessoas com deficiência", junto ao Programa de Pós-graduação em Educação da UFRGS, sendo o primeiro aluno com necessidades especiais a concluir mestrado no programa. Cláudio é formado em Psicologia, é mestre em educação pela UFRGS, na Linha de Pesquisa em Informática na Educação Especial, ênfase em Ambientes Digitais/Virtuais no processo de ensino-aprendizagem, inclusão digital e desenvolvimento humano, é Bacharel em Psicologia e especialista em Psicologia da Saúde pela Universidade Luterana do Brasil. Com seu conhecimento em Informática, desenvolveu o Mousekey (teclado virtual), sob a orientação da Professora Lucila Maria Costi Santarosa.

Cristiane Schmidt

Cristiane é graduada em Artes Visuais, é fotógrafa, "filmmaker" e metida a "crafter" e costureira. Já trabalhou com design de superfície, mediação de arte, assistência de fotografia e tratamento de imagem e diversos campos ligados à arte.

Dulce Helena

Dulce Helena nasceu em 1927, na cidade de São Francisco de Paula, RS. Ela vive em Porto Alegre. Formada em Artes Plásticas na Escola de Belas Artes da Universidade Federal do mesmo estado. Professora de Educação Artística em escolas públicas estaduais em Porto Alegre por 32 anos. A perda de seu marido em 1991 a faz resgatar os pincéis e a produzir pinturas a óleo, obras em aquarela e pastel. Desde 1993 expõe em diversos locais da capital e também no interior do Estado. Faz exposições individuais e coletivas na Câmara de Vereadores de Porto Alegre, Banrisul, Caixa Econômica Federal, Assembléia Legislativa do RS, Casa de Cultura Mario Quintana, Casa de Cultura de Gramado, entre outros. Ela dedica sua produção à gravura em metal e xilogravura desde 2000, inserindo em suas criações colagens, aquarelas e gravações em papéis não nobres, tais como jornais e revistas.

Felipe Amaral

Sócio-diretor da Semente Negócios e Fundador do Estaleiro Liberdade. Felipe tem como missão auxiliar jovens a fazerem escolhas conscientes e verdadeiras para trilharem um caminho com mais autonomia. É "coach" certificado pela International Coach Federation e professor de empreendedorismo e carreira na UFRGS e Perestroika.

Felipe dos Santos Machado

Felipe dos Santos Machado tem 19 anos, gaúcho de Novo Hamburgo, é pesquisador voluntário e desenvolveu um projeto na área de gerenciamento ambiental de resíduos sólidos, criando um material compósito inovador que o levou a competições mundiais de ciência. Participou de Olimpíadas Internacionais de Pesquisa e desenvolvimento científico, onde recebeu diversos prêmios, dentre eles medalhas de Ouro, menções honrosas de governos e bolsas de estudos. Recentemente foi um dos cinco brasileiros selecionados para um programa de imersão científica no Weizmann Institute of Science, em Israel, no mês de julho/2013. Atualmente é coordenador regional da ONG ABRIC, Associação Brasileira de Incentivo à Ciência, no estado do Rio Grande do Sul. Curioso, extrovertido e interessado em promover a ciência no estado, Felipe ministra palestra em escolas públicas e universidades, sobre as oportunidades que a pesquisa científica oferece e como pode transformar a realidade dos jovens brasileiros.

Fernando Teco Sodré

CEO e COFounder da IKEWAI Participações e Empreendimentos, holding de investimentos de mais de 08 empresas de alta competitividade no setor de TIC baseada em Recife, no Porto Digital. Tem mais de 20 anos de experiência em empreendedorismo digital. Co Founder e Diretor de planejamento e estratégia da SODET, e COFounder da vidPlay Entretenimento Digital. É também professor convidado da Universidade Federal de Pernambuco para a disciplina Empreendedorismo Digital e Negócios Emergentes. Casado, pai de dois filhos com uma vida profissional intensa e muito ativa mas sempre com tempo para juntar amigos em casa, ler muito e planejar aventuras náuticas.

Gabriela Ferraz

Advogada e mestre em Direitos Humanos pela Universidade de Estrasburgo, atua como consultora em refúgio no Instituto de Políticas Públicas em Direitos Humanos do Mercosul, é realizadora do Projeto Vidas Refugiadas e atuou com a ONG Médicos sem Fronteiras no Congo.

Hayaks Winter

A fotógrafa Marcia Beal ficou comovida com a chegada de um casal de deficientes visuais que queria ser fotografado junto com seu bebê para sentir a emoção do registro. Com a ajuda do artista plástico Marco Escada e do designer Hayaks, eles construíram um álbum para cegos que tenta traduzir imagens em sensações. Após nove meses de testes, o trio de profissionais chegou a um resultado extraordinário: o Álbum Sensorial, com texturas, textos em braile e até cheirinho de bebê.

Henrique Foresti

Henrique Foresti é mineiro de Varginha e atua nas áreas de robótica e eletrônica embarcada. É engenheiro de sistemas do CESAR e gestor da área de robótica pedagógica da MixTecnologia. Técnico em eletrônica, graduou-se em Ciências da Computação pela UEMG e é Mestre em Engenharia Mecânica pela UFPE. Atua também como colaborador da Plataforma Robótica Livre, Robolivre.org, realiza a curadoria de vários eventos de tecnologia e desenvolve projetos de pesquisa e inovação em parceria com diversas instituições, em especial nas áreas de robótica pedagógica, robôs terrestres, veículos aéreos não tripulados e plataformas de telemetria, processamento e comunicação.

João Maia

João Maia pode fotografar sem ver! Formado em História, virou fotógrafo por amor. Fez inúmeros cursos de fotografia e, aos 28 anos, quando começou a perder a visão e achou que não fosse mais conseguir fotografar, descobriu o curso de alfabetização visual. Nestes anos, participou de inúmeras exposições e teve seu trabalho reconhecido mundialmente ao ser o primeiro e único deficiente visual a fazer a cobertura fotográfica das Paraolimpíadas no Rio de Janeiro em 2016.

Jose Luis Vieira Ventura

Vigilante noturno, apaixonado por esporte, Jose Luis Vieira Ventura transformou um antigo aterro sanitário da Vila Barro Vermelho, no bairro Restinga, em Porto Alegre, num complexo esportivo para atender crianças da comunidade. A inciativa começou de maneira simples, cercando a área e chamando professores voluntários para a prática esportiva com jovens do bairro. Em 2004, Ventura conseguiu verba federal por meio do Programa Segundo Tempo e ampliou o atendimento aos jovens, além de profissionalizar as oficinas prestadas. De 100 crianças atendidas, o Complexo Barro Vermelho passou a atender 600, com aulas de futebol, capoeira, vôlei e atletismo. Por meio do projeto, Ventura fez convênios com a Sogipa e a Confederação Brasileira de Basquete para prática esportiva e criou um telecentro com recursos do Governo Federal. Em 2010, o complexo recebeu o título de Território da Paz. Ventura é líder comunitário, foi conselheiro do Orçamento Participativo, e em 2011 recebeu o Prêmio Betinho - Atitude Cidadã 2011, conferido pelo Comitê de Entidades no Combate à Fome e pela Vida.

Juliana Mendonça

Juliana é graduada em Comunicação Social e trabalha como redatora desde 2007. Se sente confortável em dizer que gosta de contar histórias.

Karina Vieira

Karina Vieira é graduada em Comunicação Social e pós-graduanda em Gestão de Políticas Sociais pela Universidade Castelo Branco, Consultora de Comunicação do Baobá - Fundo pela Equidade Racial, Diretora de Comunicação da AUR, e pesquisadora de dois grupos de extensão da UCB, orientando suas pesquisas na questão da formação da identidade da mulher negra na zona oeste do Rio de janeiro e, por conseguinte, da comunidade negra.

Kawoana Vianna

Empreendedora, cientista e estudante de Medicina. Sua paixão por essas três áreas começou quando, ainda no Ensino Médio, iniciou um projeto científico que consiste no uso da nanotecnologia para criar um tecido inovador na produção de curativos e até meias para diabéticos. Em 2015 fundou o Cientista Beta.

Lak Lobato

É comunicadora, escritora e palestrante. Ficou surda aos 9 anos de idade e atualmente é usuária de implante coclear bilateral. Há 8 anos escreve o blog “Desculpe, não ouvi!”, que deu origem ao livro homônimo, ambos dedicados à divulgação dos surdos oralizados, pessoas com deficiência auditiva que utilizam a Língua Portuguesa como forma principal de comunicação e da realidade dos surdos usuários de próteses e implantes auditivos.

Leandro Siminovich

Leandro Siminovich é ciclista e fundador do Pedal da Inclusão.

Leticia Andrade

Organizadora do Banho Solidário Porto Alegre, decoradora, apesar de ter feito faculdade de história. Moradora do Bairro Bomfim, de tanto observar seus “vizinhos” moradores de rua, despertou e resolveu fazer algo! Entrou um contato com Cláudio Lacerda criador do Banho Solidário e trouxe a iniciativa para Porto Alegre! Junto com um grupo de amigas criou um crowdfunding para angariar fundos para a criação do reboque/banho móvel, que já tem 10 meses de atuação. A ideia é que a sociedade civil unida possa fazer parte das soluções dos problemas atuais.

Lorrayne Isidoro

Estudante bicampeã da Olimpíada de Neurociências do Rio de Janeiro e campeã do Campeonato de Neurociências, Brazilian Brain Bee. Participou da International Brain Bee World Championship 2016, em Copenhague, na Dinamarca. É membro da International General Assembly do grupo International Youth Neuroscience Association.

Marcelo Cardoso

Marcelo Cardoso é administrador com extensão pela Kellog Northwestern e vem ocupando posições de liderança ao longo dos últimos 25 anos em empresas como Método Engenharia, GP Investimentos, onde foi presidente do Hopi-Hari, DBM LHH, Natura e Fleury. Ele acredita que a evolução das pessoas convivendo em comunidades saudáveis e resilientes transformam as organizações e a sociedade. Atualmente, desenvolve projetos de transformação em organizações com metodologias baseadas na Teoria U, Teoria Integral, Constelação Familiar e Organizacional e Diálogo de Vozes, Psicologia Positiva e do Desenvolvimento, Neurociência, Sociologia e Teoria da Complexidade

Marcelo Ruschel

Marcelo Ruschel é fotógrafo profissional com 30 anos de atuação no mercado, tendo fornecido imagens para jornais e revistas nacionais e internacionais tais como Caminhos da Terra, IstoÉ, Playboy, Tennis Magazine (Estados Unidos e França), ESPN World (Estados Unidos). Foi fotógrafo responsável pela cobertura de diversos campeonatos de projeção nacional e internacional e também produziu dezenas de exposições fotográficas com imagens do esporte e do meio ambiente. Em 2000 fundou o projeto WimBelemDon para atender crianças em situação de risco social. O projeto iniciou com a locação de uma quadra de tênis em Belém Novo, Porto Alegre e hoje atende 120 crianças e conta com o reconhecimento de diversos atletas nacionais e internacionais engajados em construir um futuro melhor por meio do esporte.

Marcia Beal

A fotógrafa Marcia Beal ficou comovida com a chegada de um casal de deficientes visuais que queria ser fotografado junto com seu bebê para sentir a emoção do registro. Com a ajuda do artista plástico Marco Escada e do designer Hayaks, eles construiram um álbum para cegos que tenta traduzir imagens em sensações. Após nove meses de testes, o trio de profissionais chegou a um resultado extraordinário: o Álbum Sensorial, com texturas, textos em braile e até cheirinho de bebê.

Marco Schultz

Marco Schultz, professor de yoga e meditação, coordena o "Simplesmente Yoga". Viveu vários anos no exterior, estudando diversas áreas relacionadas ao autoconhecimento e ao desenvolvimento humano integral. Viaja extensivamente liderando grupos de estudos a importantes centros de peregrinação, e também ministrando cursos, retiros e "satsangs", encontros caracterizados pelo canto de mantras e pela investigação de temas relacionados ao caminho espiritual. Marco é coprodutor de dois importantes projetos lançados em 2013, o documentário "Eu Maior" e o DVD "Simplesmente Satsang – Cantos e Mantras"

Maria Vilani

Escritora e professora, aprendeu a ler sozinha, se formou em filosofia e fundou um centro de arte em pleno bairro periférico do Grajaú.

Maria de Nazareth Agra Hassen

Maria de Nazareth Agra Hassen tem a guarda de cinco gatos, dois cães e dois cavalos recolhidos das ruas. Quando não está cuidando deles, trabalha como professora de filosofia e de antropologia no ensino superior e como assistente editorial. É vegana, pedestre e ciclista. Mora em uma pequena casa no Centro Histórico de Porto Alegre, em cujo pátio, João, seu marido, editor e ciclista, cultiva couves e chuchus. Quando sobra tempo, aproveita para fazer nada ou para ler e escrever histórias, sobretudo para a Coleção Filosofinhos (Tomo Editorial). Apesar disso, conseguiu se graduar em Filosofia, fazer mestrado em Antropologia e doutorado em Educação pela UFRGS. Escreveu dois livros sobre aspectos da história de Porto Alegre: Escola de Engenharia/UFRGS: Um Século (com Letícia Mazzuchi) e Fogos de Bengala nos Céus de Porto Alegre: a Faculdade de Medicina faz cem anos em coautoria com Mario Rigato. Sua dissertação de mestrado, O Trabalho e os Dias: ensaio antropológico sobre trabalho, crime e prisão, investigação realizada no Presídio Central de Porto Alegre, recebeu o Prêmio Açorianos na categoria Ensaio de Humanidades. Coordenou em 2008, juntamente com Noeli Maggi, uma pesquisa chamada Mapa Porto Alegre das Crianças, pela qual se buscou investigar a forma como esta capital se relaciona com a criança. Seu e-mail é nazareth.agra@gmail.com

Miguel Andorffy

Miguel tem 22 anos e é estudante de Engenharia de Produção na UFRGS, apaixonado pela música clássica e ex-atleta de natação. Contratado aos 18 anos pelo Professor Gustavo Reis para ministrar aulas de Cálculo Diferencial e Integral no Mathetc para estudantes de engenharia descobriu sua paixão pela educação. Em 2011 criou o projeto Me Salva, que inicialmente oferecia aulas de cálculo em vídeo para estudantes de engenharia. Motivado pelo grande e rápido sucesso do projeto, Miguel formou uma equipe de ponta para o desenvolvimento da plataforma educacional do Me Salva, agregando novos cursos e aliando tecnologia para aumentar o impacto do projeto na educação. Em 2012 venceu o Prêmio Jovens Inspiradores da Veja e Fundação Estudar e desde então concilia a vida de estudante e professor com o empreendedorismo.

Miriam Santos

Moradora da favela da Rocinha, Miriam está terminando o Ensino Médio. É idealizadora do projeto Inclusive, que teve início através do ciclo da Agência de Redes para Juventude no ano de 2015.

Natasha Bontempi

Relações Públicas de formação, Natasha decidiu fazer uma curva nessa estrada e se embrenhou em Recursos Humanos. Hoje é facilitadora de diversos treinamentos de engajamento, carreira e habilidades humanas. Seu negócio é compartilhar coisas interessantes com os outros e conectar pessoas. Como ela mesma se denomina, é uma "believer" e ativista pelo autoconhecimento. .

Nina Nicolaiewsky

Nina iniciou seus estudos musicais no Projeto Prelúdio aos sete anos de idade e atualmente é aluna de Música Popular na graduação da UFRGS com ênfase em canto. É percussionista na Orquestra de Percussão Feminina Batucas, participou da trilha do espetáculo “A tecelã”, premiado no Açorianos de Teatro na categoria “Melhor trilha” e, em 2015, cantou na minissérie “Notas de Amor”, que foi ao ar na RBS e está disponível no Netflix.

Orquestra da Aldeia da Fraternidade

O projeto de educação continuada e inclusão social por meio da música Educando com Arte foi idealizado pela Earte Escola de Música. Oferece oficinas de diferentes modalidades musicais para 140 educandos da Aldeia. Paralelamente, o projeto conta com uma orquestra composta pelos participantes do projeto.

Renato Dornelles

Jornalista, há 30 anos trabalha em veículos da RBS. Escreveu o livro ‘Falange Gaúcha – o Presídio Central e a História do Crime Organizado no RS’, que serviu de inspiração para o documentário Central, do qual Dornelles foi codiretor e roteirista. O filme foi premiado como melhor documentário no Festival de Cinema Itinerante da Língua Portuguesa, além de ter sido selecionado para diversos festivais.

Ricardo Yudi

Mestre em Design Estratégico, graduado em Gastronomia, cozinheiro por essência. Acredita no poder de experiências compartilhadas como gatilhos construtores de felicidade. Defende que gastronomia não é sinônimo de caro e que as melhores preparações são aquelas idealizadas para amigos. Se pudesse escolher, sua última refeição em vida seria o mochi frito que a avó fazia. Sua pergunta favorita: "E se?"

Rogério Livi

Nascido em Cachoeira do Sul, RS, é Doutor em Física pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul, onde foi professor e pesquisador. Desde 1998 se dedica à escultura, desenho, história da arte e fotografia, cursando oficinas no Atelier Livre da Prefeitura de Porto Alegre. Rogério Livi faz desenhos usando bolhas de sabão, num processo minucioso, leve e de experimentação pois as bolhas estouram e espalham respingos possibilitando o incontrolável. Tem participação em diversas exposições coletivas no país e também Mercosul. Ganhou o Prêmio Açorianos de Artes Plásticas, Artista Revelação 2008 e o Prêmio RBS Cultura 2009 Artista Revelação por Microvariações sobre um tema, na Subterrânea, Porto Alegre, reeditada na Feevale, Novo Hamburgo, 2009. Pelo Prêmio Maria Conceição Menegassi do Salão do Atelier Livre 2005, fez individual com Esculturas Cinéticas no Centro Municipal de Cultura, Porto Alegre, em 2006. Tem obras no MAC RS e na Pinacoteca Municipal, Porto Alegre.

Ronaldo Fraga

Formado em moda pelo curso de estilismo da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e pós-graduado pela Parsons School of Design de Nova York, além de ter realizado um curso na Central Saint Martins de Londres, Ronaldo Fraga é reconhecido pela imprensa brasileira como um dos principais estilistas no que se refere à moda com DNA brasileiro. Os seus desfiles estabelecem um diálogo entre cultura brasileira com o mundo contemporâneo, abordando temas do cotidiano brasileiro, bem como de sua história. Além da marca homônima, ele desenvolve projetos com foco na reafirmação cultural de pequenas comunidades em diferentes regiões do Brasil.

Organizing team

Ana
Goelzer

Porto Alegre, Rs, Brazil
Organizer

Livia
Ghanem

Porto Alegre, Rs, Brazil
Co-organizer
  • Cláudia Sander
    Team member
  • Cristiane Dias
    Team member
  • Luciana da Costa
    Team member
  • Mara Becker
    Team member