Adora Svitak
6,323,425 views • 8:12

Então, eu quero começar com uma pergunta: Quando foi a última vez que vocês foram chamados de infantis? Para crianças como eu, ser chamada de infantil pode ser frequente. Cada vez que fazemos exigências irracionais, apresentamos um comportamento irresponsável ou mostramos quaisquer outros sinais de sermos cidadãos americanos normais, somos chamados de infantis, o que realmente me aborrece. Afinal, vejam esses eventos: imperialismo e colonização, guerras mundiais, George W. Bush. Pergunte a si mesmo: quem é responsável? Adultos.

Agora, o que as crianças fizeram? Bem, Anne Frank encantou milhões com sua poderosa história do Holocausto, Ruby Bridges ajudou a acabar com a segregação nos EUA, e, mais recentemente, Charlie Simpson ajudou a levantar £ 120.000 para o Haiti na sua pequena bicicleta. Então, como podem ver evidenciado por esses exemplos, idade tem absolutamente nada a ver com isso. As características que a palavra infantil denota são tão frenquentemente vistas em adultos que deveríamos abolir o significado de "discriminação por idade" quando destina-se a criticar o comportamento associado com irresponsabilidade e pensamento irracional.

(Aplausos)

Obrigada.

Então novamente, quem disse que certos pensamentos irracionais não são exatamente o que o mundo precisa? Talvez você tenha tido grandes planos, mas pararam, pensando: que é impossível ou que custa muito ou que não vai beneficiar a si próprio. Para melhor ou pior, nós crianças não somos tão prejudicadas quando pensamos sobre as razões porque não fazer coisas. Crianças podem ser cheias de aspirações inspiradoras e pensamento esperançoso, como meu desejo que ninguém passasse fome ou que tudo fosse gratuito. Utopia! Quantos de vocês ainda sonham assim e acreditam nas possibilidades? Às vezes, o conhecimento da história e as falhas passadas de ideais utópicos podem ser uma carga, pois você sabe que se tudo fosse gratuito os estoques de alimento se esgotariam e tornariam-se escassos o que levaria ao caos. Por outro lado, nós crianças ainda sonhamos com a perfeição. E isso é bom, pois para tornar qualquer coisa uma realidade, você tem que sonhar primeiro.

De muitas formas, nossa audácia em imaginar ajuda a empurrar os limites da possibilidade. Por exemplo, o Museu do Vidro em Tacoma, Washington, meu estado natal - uhuu Washington - (Aplausos) tem um programa chamado "Kids Design Glass", onde crianças desenham suas próprias ideias para arte em vidro. Agora, o artista do museu disse que eles tiveram algumas das melhores ideias surgidas a partir do programa porque crianças não pensam em limitações de quão difícil pode ser moldar vidro em certos formatos. Eles simplesmente pensam em boas ideias. Agora, quando você pensa em vidro, deve imaginar os desenhos coloridos do Chihuly ou talvez vasos italianos, mas crianças desafiam os artistas de vidro a irem além, para o reino das cobras de corações partidos e meninos-bacon, que vocês podem ver, tem uma visão de carne. (Risos)

Agora, nossa sabedoria inerente não tem que ser um conhecimento interno. Crianças já aprendem muito com os adultos, e nós temos muito a compartilhar. Eu acho que adultos deveriam começar a aprender com as crianças. Vejam, eu faço a maioria das minhas palestras para uma platéia culta, professores e estudantes e eu gosto dessa analogia. Não deveria simplesmente ter um professor na frente da turma dizendo aos estudantes: façam isso, façam aquilo. Os estudantes deveriam ensinar seus professores. A aprendizagem entre adultos e crianças deveria ser recíproca. A realidade, infelizmente, é um pouco diferente e tem muito a ver com confiança, ou falta dela.

Se você não confia em alguém, você restringe essa pessoa, certo? Se eu acho que minha irmã mais velha não vai me pagar os 10% de juros que eu estabeleci em seu último empréstimo, eu não vou mais emprestar-lhe dinheiro até que ela me pague. (Risos) História verídica, a propósito. Agora, adultos parecem ter uma atitude predominantemente restritiva para com as crianças desde os "não faça isso", "não faça aquilo" nos guias escolares, até restrições de uso da internet na escola. Como a história demonstra, regimes tornam-se opressivos quando estão temerosos sobre manter o controle. E, embora adultos possam não estar totalmente no nível dos regimes totalitários, crianças tem nenhuma, ou muito pouca intervenção na definição das regras, quando a atitude deveria ser recíproca; o que significa que a população adulta deveria aprender e levar em conta os desejos da população mais jovem.

Agora, o que até pior do que a restrição é que adultos frequentemente subestimam as habilidades infantis. Nós adoramos desafios, mas quando as expectativas são baixas, acreditem, vamos afundar com eles. Meus próprios pais tinham tudo menos baixas expectativas para mim e minha irmã. Ok, eles não nos disseram para sermos médicas, ou advogadas ou qualquer coisa parecida, mas meu pai leu pra gente sobre Aristóteles e "Combatentes Pioneiros de Germes", quando muitas das outras crianças estavam ouvindo "As rodas do ônibus giram e giram" Bem, nós ouvimos isso uma vez também, mas "Combatentes Pioneiros de Germes" é muito melhor. (Risos)

Eu adorava escrever aos 4 anos de idade e quando eu tinha seis, minha mãe comprou-me meu próprio notebook equipado com Microsoft Word. Obrigada Bill Gates e obrigada mãe. Eu escrevi mais de 300 pequenas histórias naquele pequeno notebook e eu queria publicá-las. Ao invés de simplesmente zombar dessa heresia de uma criança querer publicar, ou dizer espere até que você fique mais velha, meus pais realmente me apoiaram. Muitos editores não foram tão encorajadores. Uma grande editora de livros infantis ironicamente disse que eles não trabalhavam com crianças. Editoras de livros infantis não trabalhavam com crianças? Eu não sei, mas isso é tipo afastar um grande cliente. (Risos) Mas, uma editora, Action Publishing, estava disposta a dar esse passo e confiar em mim e ouvir o que eu tinha a dizer. Eles publicaram meu primeiro livro "Dedos Voadores" - vejam aqui - e a partir daí, comecei a palestrar em centenas de escolas, para milhares de educadores e finalmente, hoje, falando para vocês.

Agradeço sua atenção hoje porque para mostrar que realmente se importam, vocês escutam. Mas há um problema com esse quadro róseo de crianças serem muito melhores do que adultos. Crianças crescem e tornam-se adultos exatamente como vocês. (Risos) Ou exatamente como vocês, jura? O objetivo não é transformar crianças em seu tipo de adulto, mas melhores adultos do que vocês tem sido, o que é pode ser um pouco difícil considerando suas credenciais, mas o progresso acontece devido às novas gerações e novas eras que crescem, desenvolvem-se e tornam-se melhores do que as anteriores. É por isso que não estamos mais na Idade das Trevas. Não importa sua posição na vida, mas é imperativo criar oportunidades para que as crianças possam crescer e acabar com vocês. (Risos)

Adultos e associados TED, vocês precisam ouvir e aprender com as crianças, confiar e esperar mais de nós. Vocês devem dar-nos ouvidos hoje porque nós somos os líderes de amanhã, o que significa que nós vamos tomar conta de vocês quando estiverem velhos e senis. Não, brincadeira. Ok, nós seremos a próxima geração, aqueles que levarão esse mundo à frente. E, para o caso de vocês acharem que isso não significa nada, lembre-se que clonagem é possível, o que implica voltar novamente à infância, caso em que vocês vão querer ser ouvidos exatamente como minha geração. Agora, o mundo precisa de oportunidades para os novos líderes e novas ideias. Crianças precisam de oportunidades para liderar e terem sucesso. Vocês estão prontos para o jogo? Porque os problemas do mundo não deveriam ser herança da família humana.

Obrigada. (Aplausos) Obrigada. Obrigada.