Return to the talk Watch the talk

Subtitles and Transcript

Select language

Translated by Fers Gruendling
Reviewed by Paulo Melillo

0:11 Alguns anos atrás, eu me sentia preso na rotina, então decidi seguir os passos de um grande filósofo americano, Morgan Spurlock, e tentaria algo novo por 30 dias. A ideia é bem simples. Pensem em algo que sempre quiseram incluir em suas vidas e experimente pelos próximos 30 dias. Acontece que 30 dias é mais ou menos o tempo de que precisamos para assimilar ou abandonar um hábito, como assistir ao noticiário, em sua vida.

0:42 Eu aprendi algumas coisas durante esses desafios de 30 dias. A primeira foi que, ao invés dos meses voarem e serem esquecidos, o tempo foi muito mais memorável. Esta foi parte de um desafio: tirar uma foto por dia, por um mês. E eu lembro exatamente onde eu estava e o que estava fazendo naquele dia. Eu também notei que quando comecei a encarar mais e maiores desafios de 30 dias, minha auto-confiança cresceu. Eu passei de um nerd plantado na frente do computador para o tipo de cara que vai de bicicleta ao trabalho por diversão. No ano passado, eu cheguei a escalar o Monte Kilimanjaro, a montanha mais alta da África. Eu nunca teria sido tão aventureiro antes de começar meus desafios de 30 dias.

1:27 Eu também descobri que se você realmente quer algo, você pode fazer qualquer coisa por 30 dias. Já quis escrever um romance? Todo o mês de novembro, dezenas de milhares de pessoas tentam escrever seus romances de 50 mil palavras, do zero, em 30 dias. Acontece que tudo o que você precisa é escrever 1.667 palavras por dia por um mês. E foi o que eu fiz. A propósito, o segredo é não ir dormir até que tenha escrito suas palavras do dia. Talvez você fique sem dormir, mas terminará seu romance. Mas será que meu livro é o próximo grande sucesso? Não. Eu o escrevi em um mês. É horrível. Mas pelo resto da minha vida, se eu encontrar John Hodgman em uma festa do TED, eu não terei que dizer: "sou um cientista da computação." Não, não, se eu quiser posso dizer: "Sou um romancista."

2:25 (Risos)

2:28 Aqui vai a última coisa que eu quero dizer. Eu aprendi que ao fazer mudanças pequenas e sustentáveis, coisas que eu poderia continuar fazendo, elas tinham mais chance de permanecer. Não há nada de errado com desafios grandes e loucos. Na verdade, eles são muito divertidos. Mas provavelmente não permanecerão. Quando eu parei de comer açúcar por 30 dias, o dia 31 foi mais ou menos assim.

2:50 (Risos)

2:52 Então, aqui vai minha pergunta: O que vocês estão esperando? Eu garanto que os próximos 30 dias irão passar querendo ou não, então, por que não pensar em algo que vocês sempre quiseram fazer e dar uma chance pelos próximos 30 dias.

3:11 Obrigado.

3:13 (Aplausos)