Barcelos
x = independently organized TED event

Theme: Caminhos Diferentes

This event occurred on
April 28, 2012
9:30am - 6:00pm WEST
(UTC +1hr)
Barcelos, 03
Portugal

O TEDxBarcelos será o terceiro evento do tipo TED concretizado na zona norte do país e propõe-se desde já a distinguir-se dos demais. No entanto, em Barcelos este será o primeiro. O evento será organizado por um grupo de jovens recém-licenciados, que procuram combater a falta de dinamismo e iniciativa instalada pelo ambiente de crise nacional. Barcelos foi a cidade escolhida devido à sua iconicidade - o Galo de Barcelos é conhecido em todo o mundo como uma das “marcas” de Portugal. O TEDx pretende dar uma visão nova e estimulante a todos os jovens deste concelho, com o objetivo de verem relançadas as bases económicas e não só da Região Minho, e em especial de Barcelos.

Auditório São Bento Menni
Avenida Paulo Felisberto (EN 204)
Vila Boa
Barcelos, 03, 4750-257
Portugal
See more ­T­E­Dx­Barcelos events

Speakers

Speakers may not be confirmed. Check event website for more information.

Bruno Silva

Bruno Silva é Coach, Consultor, Formador e Orador nas áreas da Inovação, Marketing e Empreendedorismo. Fundou há 5 anos o Portal Inovação & Marketing, que conta actualmente com mais de 35.000 Subscritores, e há cerca de 2 anos dedicou-se a tempo inteiro à Gestão da InnovMark, organização que fundou, vocacionada para o Coaching, Consultoria e Formação em Inovação, Marketing e Empreendedorismo. Nesse período já organizou mais de 30 Workshops no país, participou como Orador nos principais Congressos, Feiras e Seminários da área, e tem apoiado várias empresas ao nível da Consultoria e do Coaching. Para desenvolver a sua actividade profissional, e alcançar um desempenho de excelência, adquiriu uma vasta formação académica e profissional, como é o caso de uma Licenciatura em Gestão pela Univ. do Minho, Pós-Graduação em Marketing pelo IPAM, Pós-Graduação em Gestão da Tecnologia, Inovação e Conhecimento pela Univ. de Aveiro, Especialização em Empreendedorismo de Base Tecnológica pela Univ. de Aveiro, Formações profissionais em Vendas, Excelência Pessoal, Inteligência Emocional e Criatividade, Gestão do Stress, Organização de Eventos, Comunicação em Público, E-Business para PME´s, Pedagógica de Formador. É um criativo e um comunicador, e tem a intenção de ajudar ao desenvolvimento do país.

João Vasconcelos

João Vasconcelos, Economista com mais de 10 anos de experiência em Marketing e Publicidade, trabalhou numa das Agências de Publicidade mais premiadas do mundo, a BBDO e num anunciante de referência, a Optimus, tendo-se dedicado à criação e desenvolvimento estratégico de marcas em diversos sectores de actividade, estudando e explorando nos últimos anos as novas ferramentas digitais e sociais. Em 2010 fundou a OSTV, projecto vencedor do Prémio Nacional das Indústrias Criativas, que deu origem ao Canal180, recentemente lançado no Cabo, internet, iPad e iPhone.

Filipe Pina

Nascido em Santarém, em 1979, desde 2005 que tem residência fixa no Porto. Trabalhou durante 7 anos em televisão para a Sigma3 Audiovisuais, passando por diversos cargos até se fixar em Design e Grafismo. Foi responsável pela produção de uma dezena de grafismos de programas para a SIC Radical, como o "Curto Circuito", "CineXL" e "Cabaret da Coxa". Entre cartazes, logotipos, sites e outras pequenas animações produziu o grafismo para o 1º CD da banda “Reaktor”. Mas não se ficou pelo grafismo, foi também o co-fundador e Vice-Presidente da agora extinta Associação de Produtores de Jogos Electrónicos (Aproje) e deu aulas numa cadeira dedicada aos videojogos na ESAD, no Porto, em 2006 e 2007. Faz parte da direcção da SPCV -Sociedade Portuguesa da Ciência dos Videojogos. A sua vida passou ainda pelos quadradinhos, em 2003 inicia-se com Filipe Andrade na tira cómica online "Fraggers. Como argumentista e pintor, ainda ao lado de Filipe, editou a BD de nome BRK no BD Jornal, de 2006 a 2008. Esta viria a ser publicada pela Asa em 2009, recebendo vários prémios em 2010. A escrita é outra das suas paixões, e por isso escreveu curtas como a “Analepse” e a “Saudade”. Actualmente, é o co-fundador e sócio gerente da empresa Seed Studios , onde produziu variados títulos incluindo Toy Shop, Toy Shop Tycoon e Aquatic Tales para a Nintendo DS e mais recentemente Under Siege para PlayStation3, que ganhou o Grande Prémio ZON 2010, 1º Prémio Multimédia ZON 2010 e o melhor software de 2011 pela revista Exame Informática e pelo Expresso.

José Manuel Costa

José Manuel Costa, 46 anos, é o presidente e CEO da GCI, consultora de comunicação e Public Engagement que o próprio fundou em 1994. Este começou a carreira em 1997, como jornalista, mas rapidamente chegou às Public Relations (PR), onde se destacou como assessor de imprensa da secretaria de Estado da Segurança Social. Lançada há 18 anos, a GCI cedo se tornou uma das principais consultoras do mercado português de PR, sendo hoje conhecida pela liderança em áreas como a sustentabilidade, CSR (responsabilidade social e corporativa), saúde e consumo. Tal como por projectos como o Green Project Awards (Portugal e Brasil), Nutrition Awards, É Melhor Saber ou o movimento Menos Um Carro. Em Julho de 2010, José foi um dos responsáveis pelo lançamento do novo posicionamento da GCI, baseado no Public Engagement. O assessor estudou Marketing & Comunicação no Istituto Europeo di Design, em Milão, e foi professor do mestrado de Gestão de Reputação da Universidad Complutense de Madrid. Actualmente, ensina Sustentabilidade e Comunicação na pós-graduação de Gestão da Sustentabilidade, no ISEG, em Lisboa.

Nuno Freitas

Nuno Freitas, Pai, Marido, Innovation Junkie, Empreendedor e Gestor, é um dos rostos da SketchPixel e mais recentemente Chief Gelato Officer da Spirito Cupcakes & Coffee, onde "desenha" gelados numa folha de cálculo. Formado em Gestão pela Universidade do Minho, com um MBA Executivo em Marketing na EGP-UPBS e Mestrado na Universidade do Porto em Marketing Experiencial. Fugiu um ano para EUA entre 2001 e 2002 e a sua mente cresceu. Em 2006 assume a Direcção Comercial do Grupo Golden Assets/Golden Broker, posição que deixa no final de 2008 para assumir a função de Administrador e Chief Marketing Officer da GNI Events, empresa produtora da Race of Champions no Estadio do Dragão. No inicio de 2009 entra na SketchPixel e Março de 2011 lança o projecto Spirito Cupcakes & Coffee.

Paulo Carvalho

Paulo de Carvalho, Pai por inteiro, subscritor do "Movimento Manifesto" e Open Enterprise manifesto. Membro fundador do "One Perfect Movement" e curador do projecto 10 Milhões de Únicos. Membro fundador do "João Sem Medo center for enterpreneurship" uma Empresa Social de empreendedores para empreendedores. É presentemente o responsável pela unidade de Suporte a Serviços na Vodafone Portugal. Paulo de Carvalho é licenciado em Engenharia Informática pelo Instituto Superior Técnico. Em 2007 inicia Doutoramento no Instituto Superior Técnico onde colabora como investigador no CODE - Center for Organizational Desing & Engineering. Por essa altura inicia um projecto de investigação em torno da gestão de conhecimento. Lidera desde essa altura o desenvolvimento de uma ferramenta de Gestão de Conhecimento baseada em Drupal.

Vasco Teixeira

Professor Associado na Universidade do Minho (Departamento de Física). Doutorado na área de ciência e tecnologia de revestimentos funcionais multicamada e nanocompósitos. Investigador na área de nanomateriais, engenharia de superfícies filmes finos e revestimentos. De Janeiro 2001 a Janeiro 2005, foi Coordenador do Grupo de Revestimentos Funcionais do IMAT e é, desde a fundação do grupo responsável pela linha e equipa de investigação: Revestimentos avançados para sistemas de energia de elevada eficiência. É autor ou co-autor de 3 edições de revistas ISI, de mais de 100 publicações científicas internacionais (ISI), de 2 projectos vencedores de concursos nacionais de inovação industrial e autor de 25 comunicações orais convidadas internacionais. Organizou e participou em inúmeros comités científicos de conferências nacionais e internacionais. Vasco Teixeira sua investigação aplicada, desenvolvida na Universidade do Minho desde 1989, sempre procurou integrar colaborações com empresas de modo a que os domínios de ID pudesse de algum modo contribuir para o desenvolvimento de novas competências técnicas da indústria internacional em geral, e da portuguesa em particular. Promotor de equipas de jovens recém-licencidos para processos de empreendedorismo tecnológico (Cohitec, TecMinho, etc). Mentor tecnológico de empresas de base tecnológica na área de nanotecnologias, engenharia de superfícies e revestimentos técnicos. Editor principal do Journal of Nano Research, Delegado Nacional para o 7º Programa Quadro da Comissão Europeia na área NMP (Nanotecnoologia, Materiais e Produção. ) Chair of the European Board for Society Nanoscience and Nanotechnology. Membro do Executive Council (Councillor)- 2007-2011 e 2011-2015 Triennium da IUVSTA-International Union for Vacuum Science. Vice-Presidente da SOPORVAC-Sociedade Portuguesa de Vácuo. Coordenador da Divisão Tratamentos Térmicos e Engenharia de Superficies da SPM-Sociedade Portuguesa de Materiais. Membro do Technical Advisory Committee of Tribological and Decorative Coatings of the American Society of Vacuum Coaters. Exerceu as funções de Coordenador Departamental SOCRATES/ERASMUS do DF de Julho de 2007 a Outubro de 2009. Foi membro do Senado da Universidade do Minho (mandato 2001/02). Foi Director do Curso de Lic. em Engenharia de Materiais da UMinho entre 1998-2000 e Director-Adjunto do mesmo curso entre 2000-02. Membro da Comissão Científica do LABMAT-Laboratório de Caracterização de Materiais (desde Set. 2000). É Vice-Presidente do Conselho de Administração do CENTI (Centre for Nanotechnology and Smart Materials). É, desde Outubro de 2009, Pró-Reitor da Universidade do Minho com o pelouro da Investigação.

Ilídio Marques

Melómano desde que se conhece, descobriu na Cultura e na Comunicação o centro das suas atenções. Fundador, director e editor da plataforma de promoção cultural local Rock Rola em Barcelos e do Jornal de música Rock Rola em Barcelos, Ilídio Marques contribui desde 2006 para o desenvolvimento da cultura local da sua cidade materna. Licenciado em Ciências da Comunicação e Jornalismo pela Universidade de Trás-os-Montes de Alto Douro, direccionou o conhecimento comunicativo para a área cultural prosseguindo os seus estudos com Mestrado em Ciências da Cultura. Pelo meio, colaborou com publicações tão dispersas como o Jornal de Barcelos, Notícias de Vila Real, Vice Magazine ou Jornal Académico do Porto (JUP), e participou em entrevistas sobre o desenvolvimento cultural e sobre o movimento musical em Barcelos. Acérrimo defensor do Jornalismo Local e Regional, acredita que o desenvolvimento cultural de regiões pequenas parte do voluntariado civil, de uma participação activa independente na comunidade e da entrega gratuita de conhecimento dos habitantes em favor do crescimento evolutivo da região em que estão inseridos.

Marcos Cruz

Marcos Cruz é o director da Bartlett School of Architecture, em Londres, onde também é Studio Master de Diploma/March Unit 20. A sua vasta experiência em actividades académicas como investigador e tutor de design tem passado por várias escolas de arquitectura, nomeadamente University College London, University of Westminster London e University of California Los Angeles. Cruz estudou arquitectura no ESAP, no Porto, ao mesmo tempo que frequentava aulas na ETSAB, em Barcelona. Depois de se mudar para Londres, em 1999, tirou um mestrado em Arquitectura e Design, e, em 2007, um doutoramento pela pesquisa em Design. As suas investigações sobre Arquitectura Neoplasmática,que está focada numa discussão contemporânea sobre o corpo e o impacto da bio-tecnologia na arquitectura, permitiram-lhe, em 2008, vencer a medalha de investigação do Presidente RIBA pela categoria de Outstanding PHD Thesis. O teórico foi um dos fundadores, em 2000, da prática experimental marcosandmarijan – um estúdio que combina a prática e ensino de arquitectura. O seu trabalho foi notavelmente publicado e também exibido em mais de 50 exposições internacionais, incluindo as de São Paulo e Venice Biennale. Presentemente, está a trabalhar com o seu parceiro Marjan Colletti num ambicioso novo projecto, para Taipei Taiwan.

João Paulo Pinto

João Paulo Pinto, nasceu em Angola em 1969, formação em engenharia. Docente universitário desde 1993 nas áreas de engenharia e gestão empresarial. Actualmente colabora com o Ismai e é o coordenador da Comunidade Lean Thinking, entidade que se dedica ao desenvolvimento e aplicação da filosofia lean thinking nas organizações. Criatividade e inovação são dois aspectos que o movem no sentido da criação de valor para as organizações.

Carlos Sá

Nascido na Freguesia de Vilar do Monte no concelho de Barcelos, Carlos Sá iniciou a sua prática desportiva com 12 anos na modalidade de atletismo. Iniciou-se no Núcleo desportivo da Silva, clube que chegou a ocupar o pódio dos campeonatos Nacionais de atletismo, correu como federado da região de Braga tendo participado em diversos campeonatos de pista e corta mato. Participava quase todos os fins-de-semana em provas populares de estrada onde ganhava com alguma frequência nos seus escalões. Tinha uma admiração especial pelas provas de longa distância e Carlos Lopes como ídolo. Com apenas 13 anos foi ver os seus colegas de equipa na meia maratona de Vigo em Espanha, pediu ao seu treinador para fazer um treino e meteu-se no meio do Plutão, a alegria de ir ultrapassando dezenas de atletas adultos era a energia que o fez esquecer de parar, terminando a prova de 21km em 1h 26min para espanto de todos. Com 13 anos termina o sexto ano de escolaridade e começa a trabalhar numa empresa têxtil, estuda à noite para completar o 9º ano e passa a fazer treinos às 23h 30m quando a escola terminava. Foram experiências que foi ultrapassando e que lhe ensinaram a ter um enorme espírito de sacrifício e aventura. Continuou até aos 19 anos a correr e a ocupar sempre os lugares cimeiros nas classificações. Depois dedica-se ao BTT e a caminhadas em Montanha tendo o Gerês como sua paixão e local de férias por excelência. Em 2003 participa num BTT organizado pela Associação Amigos da Montanha e toma conhecimento de um curso de Montanhismo, e faz-se sócio desta grande associação. Em 2004 faz o curso de iniciação ao Montanhismo, inicia-se como sócio praticante e realiza enumeras actividades, curso de escalada, curso de alpinismo ministrado por João Garcia e uma expedição aos Pirenéus no mês de Agosto onde faz cume das mais altas Montanhas dos Pireneus Aneto e Monte Perdido. Em 2005 faz dezenas de actividades em Portugal e Espanha e realiza uma expedição na cordilheira branca no Perú chefiada por João Garcia donde se destaca o Toclaraju com 6033m e 3 cumes de mais de 5500m (Ishinca, Pisco e Urus). Em 2006 faz enumeras actividades de onde se destacam várias travessias na ilha da Madeira e Alpes. Começa a planear uma expedição à 6ª montanha mais alta do Mundo (Cho Oyu 8201m) para 2007 na companhia de mais 3 amigos e daí a necessidade de treinar muito mais. Dedica-se então às corridas em montanha. Em 2007 faz várias actividades com os Amigos da Montanha, várias corridas em montanha onde se começa a destacar e a ocupar lugares cimeiros. A expedição ao Cho Oyu fica adiada para o ano seguinte por questões financeiras e vai com um amigo para os Alpes de onde se destaca a conquista dos principais picos do maciço do Monte Branco, (Monte Branco, Monte Maldito, Monte Tácul e Argentiérre) Em 2008 inicia-se nas ultras maratonas com a participação na Ultra Trail da Geira, prova com 45km que acaba por ficar em 2º da geral e confirma as suas qualidades como um atleta de grande resistência, no mesmo ano participa numa maratona de montanha na Serra da Estrela (Transtrela) onde ia isolado com outro atleta e numa má marcação do percurso acabam por perder mais de 20min mesmo assim completou a mesma em 5º da geral. Fez ainda várias travessias e escaladas a cumes nas serras de Gredos, Sanabria e cordilheira cantábrica. Em 2009 ganha o Ultra Trail da Geira, fica em 2º na Ultra Trail da Freita e participa na Ultra Trai Cavalls del Vent nos Pirinéus em representação da Federação Portuguesa de Montanhismo e Escalada onde obteve o 14º lugar da geral. Em 2010 aposta forte nas ultras trails estreando-se nas distâncias de mais 100kms em provas Internacionais e os resultados não poderiam ser melhores. Acaba por vencer os 101 Peregrinos em Ponferrada Espanha e Grand Raid dês Pirênêes em França, prova com 160kms e 20.000 metros de desnível acumulado, uma das mais duras e prestigiadas provas Internacionais. Participa ainda nas provas do Circuito Alpino Espanhol onde, a faltar uma prova para o final, ocupa o primeiro lugar, com a vitória e recorde da Maratona Penedos do Lobo na Galiza, segundo lugar na Maratona Alpino Madrileño em Madrid onde bateu o antigo recorde em mais de 15min e registando a segunda melhor marca de sempre só batido pelo campeão Europeu em título. Fez uma série de 4 Ultras maratonas em menos de dois meses, 2º Ultra Trail Serra da Freita (PT) 70km, 2º Maratón Alpino Madrileño (ES) -42km, 2º Ultra Trail Geira (PT) 53km, 1º101 KM's Peregrinos (ES) 101km, de registar que fazer uma ultra de 15 em 15 dias sem espaço de recuperação e com uma profissão muito desgastante como é ser Alpinista urbano, não estará ao alcance de muitos atletas. A 3 Abril de 2011 Carlos Sá inicia a sua participação na mítica Marathon des Sables, prova considerada por muitos a mais dura do Mundo, onde os atletas têm que percorrer 250km em autonomia total em pleno deserto do Sahara durante seis etapas, acabando por ser novamente sensação ao acabar em oitavo da geral e terceiro não Africano em ano de estreia. A 28 de Agosto de 2011 Carlos Sá participa pela primeira vez na Ultra Trail du Mont Blanc, prova rainha das Ultra Maratonas que circunda o maciço da maior montanha da Europa o Monte Branco com os seus 4810 metros que faz fronteira com França, Suíça e Itália, participam 2400 atletas que tem como limite 48 horas para concluir este enorme desafio, Carlos Sá demorou apenas 22h48min classificando-se na 5ª posição da geral com toda a elite Mundial da atualidade presente.

Isabel Jonet

Casada, cinco filhos. Licenciada em Economia em 1982 - Faculdade de Ciências Humanas da Universidade Católica Portuguesa. Trabalha em regime de voluntariado no Banco Alimentar Contra a Fome sendo Presidente da Federação Portuguesa dos Bancos Alimentares Contra a Fome, Presidente do Banco Alimentar Contra a Fome de Lisboa e Membro do Conselho de Administração da Federação Europeia dos Bancos Alimentares. Nessa qualidade apoiou a criação de 18 Bancos Alimentares portugueses. Fundou em 2004 a ENTRAJUDA, projecto inovador na área da solidariedade social, que visa dotar instituições de solidariedade social com instrumentos e recursos de gestão e de organização susceptíveis de aumentar a eficiência dos seus meios e a eficácia dos seus resultados. No âmbito desta instituição concebeu e lançou a a Bolsa do Voluntariado, o maior site de procura e oferta de trabalho voluntário; o Banco de Bens Doados, que distribui produtos não alimentares, doados por empresas e entidades, a Instituições de Solidariedade Social e o Banco de Equipamentos, com um objectivo de sustentabilidade ambiental e social ao contribuir de forma activa para a recuperação de resíduos eléctricos e electrónicos e de equipamentos informáticos distribuindo-os a entidades com actividade social relevante e proporcionando oportunidades de estágios práticos a desempregados e a alunos de cursos profissionais em informática.

Maria Semedo

Desenvolveu o seu percurso profissional na área da iluminação técnica, cooperando com gabinetes de arquitetura, engenharia, camaras municipais e outras entidades públicas (1996/09). Com formação base na área financeira, num momento pessoal de investimento académico e profissional que envolveu alterações que melhor correspondiam às suas expectativas, desenvolveu competências em atividades relacionadas com a inovação, nas suas mais variadas vertentes. Nomeadamente, a realização de um Mestrado em Inovação e Empreendedorismo Tecnológico na FEUP, formação em transferência e comercialização de tecnologias em Londres. Foi gestora de projetos na incubadora de empresas da London City University, participou nas semi-finais do concurso de Venture Capital do MIT e foi co promotora de uma start-up de base tecnológica, spin off da FEUP, focada na transferência de tecnologia de equipamentos médicos, Metablue Solutions, Lda. Atualmente, colabora com a Smart Ventures, Business Angels SGPS, na avaliação de oportunidades de investimento e é gestora de inovação na ISA Intelligent Sensing Anywhere.

José Valença

José Manuel Esgalhado Valença é doutorado pela Universidade de Oxford e Licenciado em Engenharia Electrotécnica, pela Universidade de Lourenço Marques. Já leccionou em várias instituições, alguns fora do país como a Universidade de Oxford e a Universidade de Lourenço-Marques. Na Universidade do Minho (UM), onde ainda hoje trabalha, é o fundador e responsável pelo Grupo de Lógica e Métodos Formais e pelo Grupo de Criptografia. Foi director do Centro de Informática da UM, de 1981 a 1986. De1989 a 1998, foi ainda o director do Departamento de Informática e do Centro de Investigação Algoritmi. Tem prestado apoio à Fundação da Ciência e Tecnologia, e aos Ministérios do Ensino Superior, Negócios Estrangeiros e Administração Interna e à Comissão Europeia. Nomeadamente participou na concepção do Cartão do Cidadão e nas comissões de segurança do projecto Galileu. Apoia o Gabinete Nacional de Segurança. José Manuel Esgalhado Valença é autor das seguintes obras: Stability of Input-Output Dynamical Systems (1983, com co-autoria de C.J. Harris); Computação e Linguagem (2000, com co-autoria de J.B. Barros); Programação Funcional (2000, com co-autoria J.Barros); Curso de Criptografia – este último ainda em preparação.

Organizing team

Ricardo
Galiza

Barcelos, Portugal
Organizer

Ricardo
Fernandes

Barcelos, Portugal
Co-organizer
  • Carlos Vinagre
    Co-Organizer
  • Rui Gomes
    Co-Organizer
  • Andreia Mandim
    Co-Organizer