TED Conversations

This conversation is closed.

Por que os brasileiros não valorizam a si mesmos? Why brazilians don't value themselves?

Percebam:
Vik Muniz, Fernando Meireles, Rodrigo Santoro, 'Cansei de Ser Sexy' tiveram que sair do Brasil para terem algum reconhecimento.
O 'Cinema Nacional' é amplamente discriminado, começando pelo seu rótulo: 'Nacional'.
Somos um povo tão criativo, tão acolhedor e acabamos por rejeitar os nossos próprios talentos.
Por que a gente faz isso?
Eis a minha proposta de debate.
-----------------------------------------------------
Notice:
Vik Muniz, Fernando Meirelles, Rodrigo Santoro, 'Cansei de Ser Sexy' had to leave Brazil to have some recognition.
The 'National Cinema' is widely discriminated against, starting with its label: 'National'.
We are a so creative people, so welcoming and we reject our own talents.
Why we do it?
Here is my proposal for debate.

Share:
  • thumb
    Jul 7 2011: Não concordo com essa teoria.
    Acho os Brasileiros sim se valoram a si mesmos. Você tem um monte de bons exemplos na área de musica e esport.
    Ate o termo “cinema nacional” não e nada ruim. Em quaisquer pais e chamado da mesma maneira. Não vejo nada negativo nesse rotulo. E como ter um produto que consta “feito no Brasil”. Voce ate pode interpretar isso como um rotulo de orgulho.
    • Jul 8 2011: Entendo o seu ponto mas você tem uma perspectiva um pouco distante.
      O que acontece NO BRASIL é que "Cinema Nacional" é sim um péssimo rótulo. Independente do gênero: Drama, Ficção, TODOS os filmes são classificados como Cinema Nacional.
      Quando comento com alguém que irei assistir a um filme "Nacional" as pessoas torcem o nariz. Está tão intrínseco que o cinema brasileiro é ruim que a reação natural é fazer careta pra qualquer título. Claro, há exceções, existem pessoas que não se importam.

      Há atletas e artistas brasileiros que se destacam.
      Mas por aqui só se valoriza o futebol e musicas que dão dinheiro, leia Axé e Samba.
      Não há uma valorização do esporte como um todo.
      Na minha cidade temos um time de Volei, o Sollys Osasco, que ganhou muitos torneios nos últimos anos, http://pt.wikipedia.org/wiki/Osasco_Voleibol_Clube#T.C3.ADtulos .
      Sabe o que aconteceu com o Time à alguns anos?
      Ficou sem patrocínio.
      Ridículo isto!
      Outro exemplo triste é o da Jade Barbosa, gisnasta Olímpica. Teve que vender camisetas para continuar competindo. Sem patrocínio também.
      Se alguém se destaca isso acontece por sorte(é muito difícilconseguir apoio) + talento.
      Com os Jogos Olímpicos esse cenário mudará um pouco no Rio, mas devido à Copa do Mundo receio que essa obssessão por futebol aumente ainda mais em todo o país e os demais esportes fiquem cada vez menos valorizados.
      É uma pena.
      • thumb
        Jul 8 2011: Oi Caio, bom, não tão distante.....rssss.....morei no Brasil e ainda tenho muito vinculo com Brasil.
        Bom, concordo, tem muitas pessoas que não gosta do Cinema Nacional, mas tem varias que estão visto pelo mundo tudo como, por exemplo, Cidade de Deus ou Carandiru.
        O que eu tal vez critico no Cinema Nacional Brasileiro e uma mania de sempre mostrar a face feia de Brasil e não as faces bonitas, de quais existem muitas.
        Não, o Brasil não e só de futebol, mesmo que isso talvez seja o esporte que provoca a fama Brasileira. Brasil e ativo e bom em muitas outras disciplinas também. Por exemplo, Formula I (mesmo que com a morte do Ayrton Sena, nunca mais foi o mesmo).
        Só para dar uma idéia, Brasil ganho nas ultimas olimpíadas, 15 medalhas em uma variedade de disciplinas.
        Claro, e isso também existe em outros lados do mundo, não todos os esportes têm a mesma popularidade com o povo e um patrocínio depende dessa popularidade, porque, querendo o não, patrocínio e negocio. Por exemplo, no meu país natal, Áustria, achar patrocínio para Baseball talvez fosse difícil, porque não temos cultura de baseball, por outro lado, o nosso forte são esportes de inverno.
        Resumindo: A minha experiência com os Brasileiros e que a maioria sim tem orgulho de ser Brasileiro. Claro, sempre tem exceções, mas em geral os Brasileiros gostam do seu país, mesmo não sendo perfeito.